JUNTOS, INOVANDO POR UM FUTURO MELHOR

Para nós, pensar no futuro é pensar em uma vida melhor para as pessoas. Por isso, sempre investimos em inovação. Em tecnologias e soluções mais inteligentes para o transporte comercial. Em produtos mais seguros, fortes e confiáveis. Em processos de produção sustentáveis, que reaproveitam matéria-prima e protegem o meio ambiente. Assim, nos tornamos cada vez mais relevantes e também mais humanos. Tudo porque acreditamos que só é futuro se for mais inteligente, mais forte, mais sustentável, mais ágil. Só é futuro se for melhor.

FILME CAMPANHA RANDON 70 ANOS

QUEM SOMOS

Desde 1949, as Empresas Randon trabalham para uma vida melhor para as pessoas, produzindo um dos mais amplos portfólios de produtos do segmento de veículos comerciais correlacionados com o transporte de cargas, seja rodoviário, ferroviário, ou até mesmo fora de estrada, entre as empresas similares pelo mundo.

Investindo constantemente em inovação, a Randon é referência global e figura entre as maiores empresas privadas brasileiras, com liderança em todos os segmentos onde atua, contando com parceiros mundiais estratégicos. Através de tecnologias mais inteligentes e processos de produção sustentáveis, exporta para todos os continentes e faz parte do Nível 1 de Governança Corporativa da Bovespa.

  • Uma das líderes de consórcios de bens pesados, além de estar entre as maiores administradoras de consórcios de imóveis do País.

  • Com atuação direcionada à cadeia de negócios das Empresas Randon, o Banco Randon oferece aos seus clientes a melhor opção de financiamento de acordo com cada necessidade.

  • Maior fabricante de reboques e semirreboques da América Latina e uma das maiores do mundo.

  • Empresa que atua no desenvolvimento, fabricação, comercialização e assistência técnica de caminhões fora de estrada rígidos, retroescavadeiras, minicarregadeiras e peças de reposição.

  • Uma das cinco maiores fabricantes mundiais de materiais de fricção, a Fras-le atua com foco na segurança e no controle de movimentos nas estradas, trilhos e pistas de pouso.

  • Fabricante de suspensões e eixos, líder no mercado da América do Sul no fornecimento de suspensões para implementos e suspensões 6x2 e 6x4 para caminhões.

  • Maior fabricante de quinta roda do mundo, referência em componentes e sistemas de acoplamentos para veículos comerciais, sendo a principal fornecedora das maiores montadoras de caminhões e implementos.

  • A Master Sistemas Automotivos é a maior fabricante de freios para caminhões, ônibus, reboques e semirreboques da América do Sul.

  • Além de fabricar conjuntos de cubo e tambor e de suportes fundidos de suspensões para ônibus, caminhões e reboques, a empresa também atua no mercado de montadoras de máquinas agrícolas e tratores.

COBERTURA 70 ANOS

Empresas Randon registram crescimento de 25% na receita líquida do semestre

14/08/2019

Apesar da rápida reversão da expectativa de um novo ciclo de crescimento brasileiro, que não se confirmou, as Empresas Randon registraram boa performance no primeiro semestre. A receita bruta total das Empresas Randon de janeiro a junho de 2019 alcançou R$ 3,5 bilhões, avanço de 27,6% sobre o mesmo período de 2018. No segundo trimestre de 2019, a receita bruta total somou R$ 1,9 bilhão, 29,2% superior à obtida no mesmo período de 2018 (R$ 1,5 bilhão). A receita líquida consolidada somou, de janeiro a junho de 2019, R$ 2,4 bilhões, aumento de 25,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto no segundo trimestre deste ano somou R$ 1,3 bilhão contra R$ 1 bilhão no comparativo anterior.

Para o CFO das Empresas Randon, Paulo Prignolato, há diversos fatores conjugados que levaram a este resultado. “Estamos em um cenário de recomposição de preços, controle de custos e volumes crescentes de vendas de caminhões pesados e implementos rodoviários, o que demanda maiores volumes de autopeças das empresas controladas, especialmente freios e eixos e suspensões. Também tivemos recentemente a conclusão de projetos de expansão de capacidade com ganhos de produtividade, como a inauguração do centro de distribuição Randon Linhares e a constituição da Randon Triel-HT”, ilustra ele.

O lucro bruto consolidado do 2T19 atingiu R$ 347,2 milhões, 42,5% superior ao mesmo período do ano anterior (R$ 243,7 milhões). A margem bruta passou de 23,9% no 2T18 para 26,7% no 2T19. No semestre, o lucro bruto foi de R$ 616,1 milhões, com margem bruta de 25,3% (R$ 460,8 milhões e margem bruta de 23,7% no 1S18). O EBITDA consolidado somou no 2T19 R$ 203,7 milhões, aumento de 61,3% em relação ao valor obtido no mesmo trimestre de 2018 (R$ 126,3 milhões). A margem EBITDA passou de 12,4%, no 2T18, para 15,6%, no 2T19. No comparativo semestral, o EBITDA consolidado avançou 18,3%, e somou R$ 338,0 milhões no 1S19 (margem EBITDA de 13,9%).

Nesta quarta-feira, a companhia realiza sua tradicional reunião na Associação dos Analistas e Profissionais do Mercado de Capitais (Apimec), em São Paulo, apresentando em detalhes seu desempenho.

Mercado externo – As exportações no segundo trimestre somaram US$ 45,8 milhões (+11,7%) e chegaram a US$ 86,2 milhões no semestre, ante US$ 77,8 milhões no 1S18. No segundo trimestre, as vendas de semirreboques para o mercado externo apresentaram crescimento de 5% no comparativo com o mesmo período de 2018. A evolução se deve principalmente à retomada das vendas para o continente africano. Embora a Randon mantenha seu market share em exportações acima dos 70%, o mercado externo tem dado sinais de desaceleração, principalmente em função dos preços das commodities, afetando o cobre (Chile e Peru) e grãos (Bolívia e Paraguai). Na Argentina, o cenário permanece complexo por questões políticas, potencializado por ser ano eleitoral. As controladas Master e Fras-le também apresentaram avanço nas exportações de 37,3% e 6%, respectivamente, devido ao aumento das vendas para México e Estados Unidos.

Veículos e implementos – O volume total de implementos rodoviários vendidos pela Companhia no 2T2019 (mercado interno, exportações e unidades no exterior) chegou a 6.957 unidades, segundo melhor trimestre da história para a Randon Implementos. Com a baixa atividade econômica ao longo do ano, já se observa uma desaceleração nas vendas de semirreboques em todos os segmentos, o que pode afetar a carteira de produção do 4T2019 e início de 2020, caso não haja uma retomada dos negócios nos próximos meses.

Vagões ferroviários – O mercado de vagões ferroviários está registrando um dos piores anos desde a privatização das ferrovias, nos anos 90. No 2T19, a Randon Implementos vendeu um vagão, contra 128 unidades no mesmo período do ano anterior (-99,2%). Os volumes de 2019 devem permanecer baixos, já que os clientes desse segmento sinalizam projetos para aquisição de novos lotes somente a partir do próximo ano, em grande parte condicionados à renovação das concessões ferroviárias. Caso a renovação seja postergada por mais tempo, o mercado ferroviário brasileiro deverá observar um período mais longo de baixa atividade.

Autopeças – A produção de caminhões no 2T19 ficou em 30.677 unidades, aumento de 22% em comparação ao 2T18. Os licenciamentos no mercado interno tiveram expansão maior, de 41,1% frente ao mesmo período do ano anterior (25.315 unidades no 2T19 contra 17.942 unidades no 2T18). A demanda das OEMs por autopeças, principalmente para a produção de caminhões pesados, beneficiou as empresas da Companhia que estão mais expostas a este segmento. Já no mercado de reposição, principal segmento de atuação da controlada Fras-le, os volumes de materiais de fricção apresentaram queda principalmente em função de um ambiente competitivo e acirrado no mercado das pastilhas para veículos leves.

saiba mais

Dona Nilva Randon é homenageada pela Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

06/08/2019

Dona Nilva Randon, viúva de Raul Randon, foi homenageada pela Câmara de Vereadores de Caxias do Sul na terça-feira, 6 de agosto. Ela é a primeira pessoa reconhecida com a Comenda Raul Randon de Metalmecânica, que tem a intenção de homenagear a trajetória do empreendedor Raul Randon, que completaria 90 anos na data.

A comenda será concedida a cada dois anos, sempre no aniversário de Raul Randon, para homenagear pessoas ou empresas que atuam de forma direta na área da metalmecânica pelos relevantes serviços prestados.

Além de Nilva, foram agraciados também o empresário João Francescutti e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) Nilo Peçanha.

Nilva Therezinha Randon nasceu em Caxias do Sul em 3 de novembro de 1934. Filha de David e Rosa Masotti D’Agostini e neta de imigrantes italianos, integra uma numerosa família de dez irmãos com os quais dividiu uma infância e uma juventude alegre e feliz.

Adepta à leitura, especialmente de biografias e romances, Nilva estudou no Grupo Escolar Maguari, colégio das Irmãs do Sagrado Coração de Jesus em Ana Rech e no Colégio das Irmãs do São Carlos no Bairro Santa Catarina, em Caxias do Sul. Ativa, participou do Grupo de Ação Católica da igreja e da organização das festas da mesma e da comunidade do bairro.

Em 1956, casou com Raul Anselmo Randon, falecido em março de 2018, e desta união teve cinco filhos – David, Roseli, Alexandre, Maurien e Daniel -, 11 netos e dois bisnetos.

Em 1966, junto com o marido, ingressou no Rotary Club Caxias, participando e atuando em eventos organizados por esta entidade. Fruto disto, em 1973, as esposas de rotarianos fundaram a Casa da Amizade, atuando em ações filantrópicas, tendo sido presidente em 1975.

Em 1997, integrou o grupo de criação do Banco da Mulher, trabalho de microcrédito, totalmente voluntário, sempre com apoio da CIC e do SESI, tendo sido presidente e vice-presidente.

Fotos: Zoraido Silva/Divulgação e Arquivo Pessoal

saiba mais

Empresas Randon lançam programas de desenvolvimento focados em inovação e empreendedorismo

06/08/2019

As Empresas Randon lançam nesta semana duas iniciativas dedicadas à inovação que envolvem desenvolvimento de equipes e busca por soluções mais ágeis. Ambas fazem parte do escopo do Instituto Hercílio Randon (IHR), instituição mantida pelas Empresas Randon para apoiar suas unidades no fortalecimento da cultura de inovação.

A Randon Exo – que já teve outras duas edições em outro formato – será ampliada contemplando pela primeira vez profissionais de todas as nove unidades diretamente controladas pelas Empresas Randon, totalizando 15 pessoas. A Randon Exo consiste em uma célula de inovação composta por funcionários de diferentes áreas e formações, que são deslocados de suas áreas e empresas de origem para buscar soluções conectadas a startups para demandas internas da Companhia. Ao mesmo tempo, contribui para o desenvolvimento dos envolvidos, qualificando-os para os atuais, e possivelmente futuros, desafios do mercado de trabalho. A expectativa é de que em até seis meses haja 15 novos projetos de inovação em andamento ou soluções compartilhadas para desafios comuns entre todas as unidades do grupo. O início desta fase do programa ocorre nesta terça-feira (6).

Também ligado à inovação, na quinta-feira (8) será lançado o Empreende Randon – Programa de Intraempreendedorismo, promovido em parceria com o Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul (UCS) – TecnoUCS. Também serão envolvidos 15 funcionários das Empresas Randon de diferentes áreas de todas as unidades do conglomerado. Neste programa, diferentemente do Randon Exo, os profissionais seguem atuando em suas áreas, porém dedicam parte do tempo para se qualificarem enquanto empreendedores, com foco em identificar problemas, validar hipóteses e prototipar soluções e serviços da empresa. A proposta é que desta forma, este grupo contribua para que a organização encontre ou crie soluções para desafios reais.

Para o diretor de Planejamento e RH das Empresas Randon, Daniel Ely, os programas dão capilaridade para uma das principais estratégias da Companhia atualmente, que é buscar velocidade na solução de desafios internos e potencializar o desenvolvimento de novos negócios e soluções, ao mesmo tempo em que contribui para a disseminação na organização de uma nova mentalidade de atuação dos profissionais.

“Sabemos que o futuro do trabalho nos reserva uma série de disrupções, tendo em vista todas as tendências que cada vez se aproximam com mais velocidade, como a inteligência artificial, os avanços tecnológicos e a reinvenção dos negócios como um todo. É papel das companhias contribuir para que os profissionais possam se desenvolver para estarem aptos a atender aos comportamentos que serão cada vez mais necessários. À medida que conseguimos proporcionar que mais pessoas das nossas empresas participem de programas como esses, contribuímos para que os ganhos se disseminem em toda a organização. Assim, geramos os resultados que precisamos como companhia e damos espaço para perfis profissionais diversos”, declara.

saiba mais

GALERIA DE FOTOS

Veja momentos marcantes desta história.