Notícias

Instituto Elisabetha Randon lança gibi “As aventuras de Raul & Nino”

outubro/3/2019

Foi lançado nesta quinta-feira o gibi “As aventuras de Raul & Nino”, que conta as histórias dos fundadores das Empresas Randon, Raul e Hercílio Randon, a partir da ilustração de cinco crianças atendidas pelo Programa Florescer, iniciativa de educação mantida pelo Instituto Elisabetha Randon. A criação do gibi faz parte das comemorações dos 70 anos das Empresas Randon.

Leia todas as histórias do gibi:

Para a diretora-presidente do IER, Maurien Randon Barbosa, filha de Raul e sobrinha de Hercílio (Nino), as situações retratadas na publicação são uma forma de disseminar entre crianças e adolescentes princípios e valores que nortearam a vida dos dois e, de certa forma, acompanham as Empresas Randon até hoje. “Raul e Hercílio tiveram uma trajetória reconhecida de empreendedorismo e de superação. Oferecermos esta publicação à sociedade é uma forma lúdica de perpetuar a história e estimular os jovens a não desistirem dos seus sonhos.”

A tiragem comemorativa de 25 mil exemplares será distribuída aos beneficiários do Programa Florescer em Caxias do Sul e para as cinco franquias, sendo duas em Vacaria (RS) e as outras em Bento Gonçalves/RS, Ribeirão Preto/SP e Maringá/PR. Cinco escolas municipais parceiras do programa também receberão o gibi, além de todos os funcionários das Empresas Randon, em alusão ao Dia das Crianças.

Durante o lançamento do gibi, também houve a apresentação da música “Randon 70 anos”. A letra foi criada pelo jornalista Régis Vargas especialmente para a ocasião, interpretada pela Orquestra Florescer, com os professores Rodrigo Maciel, Reginaldo Araldi e Damaris Gianni, e acordeonista Rafael De Boni. Os ilustradores-mirins entregaram exemplares ao público presente, após a sessão de autógrafos.

Programa Florescer

Idealizado pelo empresário Raul Anselmo Randon e uma das principais iniciativas de responsabilidade social do IER, o Programa Florescer supera os 5.490 atendimentos a beneficiários em 17 anos de existência, nos dois núcleos em operação em Caxias do Sul (RS) – Randon e Fras-le – e também 5.160 atendimentos fora de Caxias, nas franquias sociais Florescer.”Meu pai sempre amou o Florescer, que continuará contribuindo para uma melhor formação dos nossos jovens,” comenta Maurien.

A publicação recria situações ocorridas na vida dos irmãos Randon, algumas relatadas no livro “Os olhos de quem vê” e também no documentário “Viver e Acreditar”. Os fatos narrados nestas obras foram livremente adaptados e roteirizados pelo jornalista Régis Vargas e ilustrados pelos beneficiários Bryan Borsatto da Costa, Mateus Leonel Rodrigues, Naiara da Silva dos Santos, Weslley Severo Pereira e Yonder Diogo Gonçalves, do Programa Florescer.

Foto: João Lazarotto

Empresas Randon conquistam prêmio Top Ser Humano com programa de desenvolvimento voltado à inovação

setembro/10/2019

As Empresas Randon estão entre as vencedoras do prêmio Top Ser Humano, concedido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS), na categoria Organização. O reconhecimento será entregue em Porto Alegre, em 2 de outubro. A empresa receberá o reconhecimento pelo case “Randon ExO – a disrupção para transformar a cultura por meio das pessoas”, que relata o trabalho da primeira edição da iniciativa, ocorrida entre 2017 e 2018. Com o Randon Exo, as Empresas Randon estabeleceram uma nova forma de conexão com o ecossistema de inovação, buscando em startups soluções para demandas de back office em startups, ao mesmo tempo em que fomentaram na organização o desenvolvimento e a discussão sobre novas formas de trabalho. A iniciativa está ajudando a acelerar as transformações organizacionais necessárias para atender aos desafios da economia atualmente e para o futuro.

O movimento da ExO foi uma iniciativa protegida do dia-a-dia das Empresas Randon. Um grupo multidisciplinar atuou na OCA Brasil Innovative Hub (um hub de inovação em Caxias do Sul), com autonomia de agenda, reporte mensal a um comitê de gestores e suporte para os times dos projetos. Sua missão foi introduzir no ambiente das empresas uma nova forma de trabalho conectada a esse novo mundo e a novos modelos, dentre eles o de startups, com foco nas pessoas das Empresas Randon.

Nesse período, foram desenvolvidas sete estratégias de soluções de back office para todas as empresas. A célula buscou soluções ágeis para serem testadas rapidamente e que representassem ganhos de produtividade. A primeira resultou na atual Página de Carreiras das Empresas Randon, desenvolvida em parceria com a startup Gupy. Ela transformou em digital todo o processo de recrutamento e seleção da companhia e serviu como modelo e experiência para pensar projetos de forma diferente. Além desta, foram implantadas outras soluções, como uma plataforma de educação online e outra que alinhou o sistema de compra de passagens, reservas de hotéis e prestação de contas dos profissionais das Empresas Randon.

Embora as soluções tenham trazido ganhos e agilidades – a Página de Carreiras, por exemplo, trouxe uma redução de 30% nas despesas com recrutamento e seleção – para o diretor de Planejamento e RH das Empresas Randon, Daniel Ely, pos principais ganhos estão relacionados à cultura organizacional. “O Randon ExO foi uma disrupção na nossa forma de atuação se observarmos o âmbito interno e as formas de trabalho até então já estabelecidas nas Empresas Randon. Foi a primeira vez que a companhia afastou profissionais do seu dia-a-dia para agilizar a busca por soluções, dando uma autonomia muito grande, mas também desafios na mesma proporção. A agilidade com que encontramos soluções que geraram resultados e ganhos para a organização contribui para promover mais movimentos que apoiem a transformação digital necessária”, explica Ely.

A Randon Exo está na sua terceira turma, e hoje integra um dos programas do Instituto Hercílio Randon, instituição privada e sem fins lucrativos que tem como objetivo principal apoiar todas as unidades das Empresas Randon no fortalecimento da cultura de inovação. A terceira edição do Randon Exo, que iniciou em agosto, contempla pela primeira vez profissionais das nove unidades diretamente controladas pelas Empresas Randon, totalizando 15 pessoas.

Empresas Randon entregam Medalha Raul Randon em celebração dos 70 anos

agosto/30/2019

Diante de um público de aproximadamente 500 pessoas, entre clientes, colaboradores, autoridades, amigos, familiares e parceiros, as Empresas Randon celebraram seus 70 anos com a entrega da Medalha Raul Randon àqueles que ajudaram a construir sua história. Os convidados celebraram a noite com intensa programação artística e viveram momento de emoção no brinde especial conduzido pela matriarca da família, Da. Nilva Randon.

Os reconhecidos com a primeira edição da homenagem receberam uma medalha com a imagem de Raul Randon com a mensagem: “Reconhecer os bons parceiros é um legado de Raul Randon” em seis categorias: Responsabilidade Social, Inovação, Institucional, Funcionários, Clientes e Empreendedorismo. As entregas foram realizadas, respectivamente, por Maurien Randon Barbosa, David Randon, Daniel Randon, Roseli Randon, Nilva Randon e Alexandre Randon.

A celebração aconteceu nos Pavilhões da Festa da Uva, em um ambiente que mesclou inovação e história de um legado deixado pelos irmãos, Hercílio e Raul Randon, que fundaram a empresa em 1949.

Confira quem foram os homenageados com a Medalha Raul Randon:

Responsabilidade Social: TransPanorama – É integrante e líder do G10, grupo que reúne as 10 mais importantes empresas de transporte de carga do País. Detém certificação ISO 39001, sobre sistemas de gestão da segurança viária, com foco na segurança dos motoristas, das pessoas, da carga e dos veículos.

Inovação: Deomedes Marocco – Foi responsável pelas áreas de produto e tecnologia da Randon Implementos, tendo contribuído para a evolução do portfólio de produtos, evolução tecnológica e para o desenvolvimento do corpo técnico das Empresas Randon nestes 70 anos de história.

Institucional: Banco Bradesco – Reconhecido pelo papel importante na história de relacionamento com as Empresas Randon, a instituição financia os projetos da empresa há muitos anos, tendo esta parceria sido estendida a todas as unidades do grupo instaladas no Brasil.

Funcionários: Adão da Silva – Foi reconhecido pela relação duradoura com a empresa, onde trabalhou por quase 30 anos, tendo sido o criador da Roda de Chimarrão. Também propôs a realização da “Cavalgada Raul Randon”, reunindo dezenas de CTGs da região e funcionários das Empresas Randon.

Cliente – Dalla Valle Transportes – Tem uma longa e conhecida história com a empresa, tendo sido o cliente número 1 da Randon implementos.

Empreendedorismo: Marcopolo – Também com 70 anos de história, a empresa teve sua trajetória construída pelo fundador Paulo Belini, um empreendedor como Raul Randon. Ambos trocavam ideias sobre mercado e processos, tendo muito contribuído para o desenvolvimento da região.

Fotos: Alex Battistel

David Randon recebe Troféu Guri 2019 na Expointer

agosto/27/2019

Uma das mais tradicionais distinções realizadas durante a Expointer, o Troféu Guri foi entregue ao presidente do Conselho de Administração das Empresas Randon, David Randon, nesta segunda-feira. Promovido pelo Grupo RBS, o prêmio tem como missão reconhecer os gaúchos de nascimento ou por adoção que muito bem representam o Estado. É descrito como um estímulo e uma inspiração às lideranças para que estas busquem novos caminhos em prol do desenvolvimento do Rio Grande do Sul.

Em 2007, o fundador das Empresas Randon, Raul Anselmo Randon, falecido em março de 2018, recebeu o troféu. E em 2015, o atual CEO da Companhia, Daniel Randon, foi agraciado com a honraria. O evento de entrega do Troféu Guri 2019 acontecerá na Casa RBS, durante a 42ª Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio – RS.

Nascido em Caxias do Sul e formado em Engenharia Mecânica pela PUC, David Randon iniciou suas atividades nas Empresas Randon em 1983, como Supervisor do Departamento de Engenharia da Rodoviária S.A. Indústria de Implementos para o Transporte, sediada em São Paulo. Em abril de 1985, tornou-se Diretor Geral, permanecendo até abril de 1995.

Em outubro de 1992, assumiu o cargo de Vice-Presidente do Conselho de Administração. Em abril 1999, foi eleito Diretor da Randon Implementos, onde permaneceu até abril de 2002. Em abril de 2009, deixou o Conselho de Administração e foi eleito Diretor-Presidente da Randon S.A. Implementos e Participações, permanecendo até maio de 2019, quando assumiu a Presidência do Conselho de Administração.

Foto: Guilherme Santos/Viu Multimídia

Empresas Randon sobem no ranking Melhores&Maiores 2019 da Revista Exame

agosto/27/2019

As Empresas Randon e a Fras-le integram o mais tradicional levantamento “Melhores&Maiores” realizado há 46 anos pela Revista Exame com vistas a mostrar a evolução dos negócios. A pesquisa envolve as áreas da indústria, do comércio, dos serviços e do agronegócio, totalizando 20 categorias, e considera os dados publicados em balanço de desempenho econômico-financeiro.

Entre as 500 maiores empresas do Brasil, as Empresas Randon subiram da 449ª posição em 2017 para a 328ª em 2018. No setor da Autoindústria, as Empresas Randon ocupam a terceira colocação (era 8ª no ano anterior).

A Fras-le também se destacou em sua performance anual. A fabricante de materiais de fricção está classificada entre as 1000 maiores Companhias, subindo 27 posições de 2017 para 2018 (de 869 para 842). Também registrou melhor desempenho em Autoindústria, avançando de oitava para sétima colocada.

“Estamos vivenciando um período de grande expansão no segmento de autopeças que tem contribuído de maneira relevante para o crescimento das Empresas Randon, graças a processos inovadores e à criteriosa gestão”, comenta o COO Divisão Autopeças das Empresas Randon, Sérgio Carvalho. Para Alexandre Gazzi, COO da Divisão Montadora das Empresas Randon, “a Companhia tem o enorme desafio de manter a liderança e conquistar novos mercados com a força da qualidade da marca e de sua postura de inovação que lhe acompanha ao longo de 70 anos”.

A cerimônia de reconhecimento das empresas integrantes do ranking aconteceu nesta segunda-feira, 26 de agosto, na Sala São Paulo, em São Paulo, em evento para mais de 600 convidados.

Empresas Randon registram crescimento de 25% na receita líquida do semestre

agosto/14/2019

Apesar da rápida reversão da expectativa de um novo ciclo de crescimento brasileiro, que não se confirmou, as Empresas Randon registraram boa performance no primeiro semestre. A receita bruta total das Empresas Randon de janeiro a junho de 2019 alcançou R$ 3,5 bilhões, avanço de 27,6% sobre o mesmo período de 2018. No segundo trimestre de 2019, a receita bruta total somou R$ 1,9 bilhão, 29,2% superior à obtida no mesmo período de 2018 (R$ 1,5 bilhão). A receita líquida consolidada somou, de janeiro a junho de 2019, R$ 2,4 bilhões, aumento de 25,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto no segundo trimestre deste ano somou R$ 1,3 bilhão contra R$ 1 bilhão no comparativo anterior.

Para o CFO das Empresas Randon, Paulo Prignolato, há diversos fatores conjugados que levaram a este resultado. “Estamos em um cenário de recomposição de preços, controle de custos e volumes crescentes de vendas de caminhões pesados e implementos rodoviários, o que demanda maiores volumes de autopeças das empresas controladas, especialmente freios e eixos e suspensões. Também tivemos recentemente a conclusão de projetos de expansão de capacidade com ganhos de produtividade, como a inauguração do centro de distribuição Randon Linhares e a constituição da Randon Triel-HT”, ilustra ele.

O lucro bruto consolidado do 2T19 atingiu R$ 347,2 milhões, 42,5% superior ao mesmo período do ano anterior (R$ 243,7 milhões). A margem bruta passou de 23,9% no 2T18 para 26,7% no 2T19. No semestre, o lucro bruto foi de R$ 616,1 milhões, com margem bruta de 25,3% (R$ 460,8 milhões e margem bruta de 23,7% no 1S18). O EBITDA consolidado somou no 2T19 R$ 203,7 milhões, aumento de 61,3% em relação ao valor obtido no mesmo trimestre de 2018 (R$ 126,3 milhões). A margem EBITDA passou de 12,4%, no 2T18, para 15,6%, no 2T19. No comparativo semestral, o EBITDA consolidado avançou 18,3%, e somou R$ 338,0 milhões no 1S19 (margem EBITDA de 13,9%).

Nesta quarta-feira, a companhia realiza sua tradicional reunião na Associação dos Analistas e Profissionais do Mercado de Capitais (Apimec), em São Paulo, apresentando em detalhes seu desempenho.

Mercado externo – As exportações no segundo trimestre somaram US$ 45,8 milhões (+11,7%) e chegaram a US$ 86,2 milhões no semestre, ante US$ 77,8 milhões no 1S18. No segundo trimestre, as vendas de semirreboques para o mercado externo apresentaram crescimento de 5% no comparativo com o mesmo período de 2018. A evolução se deve principalmente à retomada das vendas para o continente africano. Embora a Randon mantenha seu market share em exportações acima dos 70%, o mercado externo tem dado sinais de desaceleração, principalmente em função dos preços das commodities, afetando o cobre (Chile e Peru) e grãos (Bolívia e Paraguai). Na Argentina, o cenário permanece complexo por questões políticas, potencializado por ser ano eleitoral. As controladas Master e Fras-le também apresentaram avanço nas exportações de 37,3% e 6%, respectivamente, devido ao aumento das vendas para México e Estados Unidos.

Veículos e implementos – O volume total de implementos rodoviários vendidos pela Companhia no 2T2019 (mercado interno, exportações e unidades no exterior) chegou a 6.957 unidades, segundo melhor trimestre da história para a Randon Implementos. Com a baixa atividade econômica ao longo do ano, já se observa uma desaceleração nas vendas de semirreboques em todos os segmentos, o que pode afetar a carteira de produção do 4T2019 e início de 2020, caso não haja uma retomada dos negócios nos próximos meses.

Vagões ferroviários – O mercado de vagões ferroviários está registrando um dos piores anos desde a privatização das ferrovias, nos anos 90. No 2T19, a Randon Implementos vendeu um vagão, contra 128 unidades no mesmo período do ano anterior (-99,2%). Os volumes de 2019 devem permanecer baixos, já que os clientes desse segmento sinalizam projetos para aquisição de novos lotes somente a partir do próximo ano, em grande parte condicionados à renovação das concessões ferroviárias. Caso a renovação seja postergada por mais tempo, o mercado ferroviário brasileiro deverá observar um período mais longo de baixa atividade.

Autopeças – A produção de caminhões no 2T19 ficou em 30.677 unidades, aumento de 22% em comparação ao 2T18. Os licenciamentos no mercado interno tiveram expansão maior, de 41,1% frente ao mesmo período do ano anterior (25.315 unidades no 2T19 contra 17.942 unidades no 2T18). A demanda das OEMs por autopeças, principalmente para a produção de caminhões pesados, beneficiou as empresas da Companhia que estão mais expostas a este segmento. Já no mercado de reposição, principal segmento de atuação da controlada Fras-le, os volumes de materiais de fricção apresentaram queda principalmente em função de um ambiente competitivo e acirrado no mercado das pastilhas para veículos leves.

Dona Nilva Randon é homenageada pela Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

agosto/6/2019

Dona Nilva Randon, viúva de Raul Randon, foi homenageada pela Câmara de Vereadores de Caxias do Sul na terça-feira, 6 de agosto. Ela é a primeira pessoa reconhecida com a Comenda Raul Randon de Metalmecânica, que tem a intenção de homenagear a trajetória do empreendedor Raul Randon, que completaria 90 anos na data.

A comenda será concedida a cada dois anos, sempre no aniversário de Raul Randon, para homenagear pessoas ou empresas que atuam de forma direta na área da metalmecânica pelos relevantes serviços prestados.

Além de Nilva, foram agraciados também o empresário João Francescutti e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) Nilo Peçanha.

Nilva Therezinha Randon nasceu em Caxias do Sul em 3 de novembro de 1934. Filha de David e Rosa Masotti D’Agostini e neta de imigrantes italianos, integra uma numerosa família de dez irmãos com os quais dividiu uma infância e uma juventude alegre e feliz.

Adepta à leitura, especialmente de biografias e romances, Nilva estudou no Grupo Escolar Maguari, colégio das Irmãs do Sagrado Coração de Jesus em Ana Rech e no Colégio das Irmãs do São Carlos no Bairro Santa Catarina, em Caxias do Sul. Ativa, participou do Grupo de Ação Católica da igreja e da organização das festas da mesma e da comunidade do bairro.

Em 1956, casou com Raul Anselmo Randon, falecido em março de 2018, e desta união teve cinco filhos – David, Roseli, Alexandre, Maurien e Daniel -, 11 netos e dois bisnetos.

Em 1966, junto com o marido, ingressou no Rotary Club Caxias, participando e atuando em eventos organizados por esta entidade. Fruto disto, em 1973, as esposas de rotarianos fundaram a Casa da Amizade, atuando em ações filantrópicas, tendo sido presidente em 1975.

Em 1997, integrou o grupo de criação do Banco da Mulher, trabalho de microcrédito, totalmente voluntário, sempre com apoio da CIC e do SESI, tendo sido presidente e vice-presidente.

Fotos: Zoraido Silva/Divulgação e Arquivo Pessoal

Empresas Randon lançam programas de desenvolvimento focados em inovação e empreendedorismo

agosto/6/2019

As Empresas Randon lançam nesta semana duas iniciativas dedicadas à inovação que envolvem desenvolvimento de equipes e busca por soluções mais ágeis. Ambas fazem parte do escopo do Instituto Hercílio Randon (IHR), instituição mantida pelas Empresas Randon para apoiar suas unidades no fortalecimento da cultura de inovação.

A Randon Exo – que já teve outras duas edições em outro formato – será ampliada contemplando pela primeira vez profissionais de todas as nove unidades diretamente controladas pelas Empresas Randon, totalizando 15 pessoas. A Randon Exo consiste em uma célula de inovação composta por funcionários de diferentes áreas e formações, que são deslocados de suas áreas e empresas de origem para buscar soluções conectadas a startups para demandas internas da Companhia. Ao mesmo tempo, contribui para o desenvolvimento dos envolvidos, qualificando-os para os atuais, e possivelmente futuros, desafios do mercado de trabalho. A expectativa é de que em até seis meses haja 15 novos projetos de inovação em andamento ou soluções compartilhadas para desafios comuns entre todas as unidades do grupo. O início desta fase do programa ocorre nesta terça-feira (6).

Também ligado à inovação, na quinta-feira (8) será lançado o Empreende Randon – Programa de Intraempreendedorismo, promovido em parceria com o Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul (UCS) – TecnoUCS. Também serão envolvidos 15 funcionários das Empresas Randon de diferentes áreas de todas as unidades do conglomerado. Neste programa, diferentemente do Randon Exo, os profissionais seguem atuando em suas áreas, porém dedicam parte do tempo para se qualificarem enquanto empreendedores, com foco em identificar problemas, validar hipóteses e prototipar soluções e serviços da empresa. A proposta é que desta forma, este grupo contribua para que a organização encontre ou crie soluções para desafios reais.

Para o diretor de Planejamento e RH das Empresas Randon, Daniel Ely, os programas dão capilaridade para uma das principais estratégias da Companhia atualmente, que é buscar velocidade na solução de desafios internos e potencializar o desenvolvimento de novos negócios e soluções, ao mesmo tempo em que contribui para a disseminação na organização de uma nova mentalidade de atuação dos profissionais.

“Sabemos que o futuro do trabalho nos reserva uma série de disrupções, tendo em vista todas as tendências que cada vez se aproximam com mais velocidade, como a inteligência artificial, os avanços tecnológicos e a reinvenção dos negócios como um todo. É papel das companhias contribuir para que os profissionais possam se desenvolver para estarem aptos a atender aos comportamentos que serão cada vez mais necessários. À medida que conseguimos proporcionar que mais pessoas das nossas empresas participem de programas como esses, contribuímos para que os ganhos se disseminem em toda a organização. Assim, geramos os resultados que precisamos como companhia e damos espaço para perfis profissionais diversos”, declara.

Primeira unidade internacional, Randon Argentina completa 25 anos

agosto/1/2019

A Randon Argentina – primeira iniciativa de internacionalização das Empresas Randon – completou 25 anos. O aniversário foi comemorado nesta quinta-feira em evento com autoridades e executivos da companhia na Argentina.

A unidade sempre esteve nos planos de expansão e internacionalização das Empresas Randon e vem contribuindo para o avanço da estratégia exportadora ao longo de seus 25 anos, completados em 1º de junho. Sediada em Alvear, na Província de Santa Fé, nasceu dedicada à importação e comercialização de reboques e semirreboques. Desde 2004, passou a fabricar localmente os equipamentos para o mercado interno e posteriormente para o mercado externo, se tornando o maior exportador argentino do setor com uma participação de 68% comercializando unidades para o Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Somente de janeiro a junho deste ano, a Randon Argentina exportou US$ 3,68 milhões, marcando um período de intenso crescimento nos negócios com o exterior.

“A história de 25 anos mostra que viemos para ficar e continuamos investindo na Argentina pois acreditamos no potencial do mercado”, diz o presidente e CEO das Empresas Randon, Daniel Randon, durante a comemoração da data nesta quinta-feira (01/08), onde esteve acompanhado do presidente do Conselho de Administração, David Randon, demais diretores e autoridades locais como o secretário de Indústria da Província de Santa Fé, Carlos Pighin, representando o govenador. Daniel Randon acrescenta que a organização investe permanentemente em inovações e melhorias contínuas, com vistas a oferecer produtos e serviços de excelência, único caminho para manter a liderança.

A unidade argentina, que mantém 161 empregos diretos, produz atualmente quatro unidades/dia entre reboques, semirreboques e siders numa moderna estrutura fabril. E está em fase final de implantação de um novo layout que resultará em linhas mais produtivas e ainda mais seguras, num processo integrado que envolve desde o recebimento do aço, o corte e dobra, montagem, soldagem, pintura e instalações pneumáticas e elétricas até o recebimento dos acessórios no produto final.

Para garantir pleno e ágil atendimento ao cliente, a Randon Argentina conta com uma rede de distribuição constituída por concessionários exclusivos, agentes de vendas e vendedores diretos que cobrem comercialmente todo o território argentino.

Empresas Randon levam para Gramado Summit realidade virtual com implementos e autopeças

julho/31/2019

Começa nesta quarta-feira mais uma edição do Gramado Summit, um dos principais eventos de conexão com startups no Brasil. As Empresas Randon são uma das patrocinadoras da iniciativa e disponibilizarão aos milhares de participantes do evento a possibilidade de conhecerem produtos usados no transporte de cargas, como implementos rodoviários e autopeças, por meio de realidade virtual. As Empresas Randon também estarão representadas no evento por meio da Hélice – movimento pela inovação – iniciativa que aproxima empresas de startups na busca de solução de problemas em comum, fomentando um ecossistema de inovação na serra gaúcha. O Gramado Summit ocorre até a sexta-feira, 2 de agosto, no Centro de Feiras Serra Park, em Gramado.

Com a palestra O exponencial é invisível aos olhos, Daniel Randon, CEO da Companhia, contará ao público do Gramado Summit como as Empresas Randon vêm encontrando na conexão com startups uma forma de acelerar soluções para desafios, ao mesmo tempo em que fomentam entre suas equipes um novo olhar para as potencialidades do mercado atualmente. Um dos casos a ser explorado é o da Randon Exo, uma célula de inovação que atua diretamente conectando startups a demandas da empresa, e o da Hélice, que aproximou a Randon de outras empresas com o objetivo de impulsionar um ambiente mais inovador na região da serra. A palestra ocorrerá às 14h30, no palco Getnet.

“Mesmo tendo as Empresas Randon completado sete décadas neste ano, sabemos que para seguirmos à frente dos novos desafios precisamos ser protagonistas na busca por outras formas de aproximação com o mercado. Atuar em rede, e em conexão com outras lógicas de trabalho, como as que as startups nos trazem, tem se mostrado uma excelente forma de acelerarmos soluções e de repensarmos constantemente o futuro do nosso negócio”, declara Daniel Randon.

Realidade virtual e mentorias

Os participantes do evento poderão manipular com uso de realidade virtual autopeças produzidas pelas empresas Fras-le, Suspensys, Castertech, Master e Jost. Além disso, embarcar em uma retroescavadeira da Randon Veículos ou em uma basculante da Randon Implementos.

A solução de realidade virtual que estará exposta vem sendo utilizada na empresa há cerca de um ano. A primeira aplicação foi em novos projetos de processos fabris. Com o recurso, se faz a verificação e validação de questões de segurança, manutenção e engenharia de produção, antes da execução do plano. O passo seguinte foi a aplicação para verificação de implementação e comportamento de novos dispositivos para a fábrica, desenvolvidos com exclusividade pela própria Randon. Mais recentemente, os recursos de realidade virtual passaram a ser usados em capacitações de segurança no trabalho, que envolvem – sem nenhum risco – a exposição virtual a situações de perigo, como fogo ou explosão.

Também no estande no evento, as Empresas Randon oferecerão mentorias de profissionais da área de inovação e líderes para que empreendedores e startups possam apresentar soluções ou se aconselhar com profissionais de diversas áreas do grupo. Em paralelo, o Instituto Hercílio Randon (IHR), voltado a fomentar a inovação na Companhia, apresentará sua nova identidade visual e iniciativas.

“Para avançar, é preciso sair da zona de conforto e romper paradigmas. O futuro passa pela colaboração, e é por isso que as Empresas Randon vêm atuando de forma colaborativa e a fomentar um ecossistema que realmente estimule novas conexões e potencialidades para os nossos negócios”, conclui o CEO das Empresas Randon, Daniel Randon.